fbpx

Categoria Contos

O dia em que o cão Miguel Jackson enlouqueceu

Era um cachorro tranquilo, sossegado. Às vezes sossegado até demais, chegando a ser folgado! Daqueles que chegam em uma reunião canina e vão logo mudando a pauta, para tratar de assuntos de seu interesse. E, quando algum cachorro lhe pergunta…

Que baita surpresa!

Ele era um cara normal, apesar de um pouco metódico. Morava em uma casa confortável, tinha uma vida igualmente confortável, sem luxos. Os filhos estudavam em escola particular e seu carro um modelo intermediário, mas topo de linha, com ar,…

E o Aparício desapareceu

Na mineira Jatiara, não se fala em outra coisa. Todo ano, toda festa junina ou julina, é sempre a mesma história, a mesma lembrança, o tema de todas as rodas. Aparício, o escrevente do cartório, que namorava escondido Suzy, a…

Um sapato muito louco

Ganhara dos filhos. Era um lindo par de sapatos. Marrom, como ele gostava.  Lembrava muito o velho e bom “Índio Mock”, da Clark, de saudosa memória. Um sapato muito macio, solado de borracha. Confortável, super confortável! Trazia, junto com a lembrança…

A casa que amava seus donos

Era uma casa charmosa. Não exatamente bonita pelos padrões atuais de arquitetura, mas muito, muito charmosa. De rara elegância. E era também muito orgulhosa. Sabia que era a mais bem tratada da rua dos Albericos (ninguém nunca soube o porquê…

Veranico

(Ensaio sobre o prazer. O prazer puro) Era maio. Mais um desses períodos de lindas e frescas noites, com dias de reinado dos “sóis” do veranico que esquentam, suas tardes. Cleusa olhava no guarda-roupas e via aquele vestido que só…

O nome certo no lugar errado

Descendente de italianos, dupla cidadania, o carioca Ricardo Di Biaggio morou cerca de seis anos em Roma, onde trabalhou como motorista de caminhão. Com a chegada do euro, a vida ficou mais difícil por lá, principalmente para quem ganhava pouco,…

A ilha submersa

Era uma ilha bem distante. Quase no meio do oceano e muito longe do continente. Isolada e misteriosa, não constava de qualquer mapa cartográfico. Na prática, não existia para o mundo exterior, pois ninguém a conhecia. Mas, era habitada. Por…

Desce o braço, Jesus!

A história que se segue é antiga, mas acho que nunca é demais repeti-la, em primeiro lugar porque vem aí a Semana Santa; segundo, porque se baseia em fatos reais (fonte fidedigna, aquelas coisas); terceiro, porque é saborosa demais. Evidentemente,…

História sem Fim

O velho Matias adorava contar histórias, mas tinha um problema: era gago. Isso não impedia de ir todos os domingos à pracinha, esperar alguém sentar-se ao lado, puxar conversa e lhe contar as últimas.  Um dia, aconteceu o inesperado. Cumprimentou…