Assim na terra como no céu

Se o estimado leitor já teve a ousadia de comentar, perto de alguém, que tem um certo temor de entrar num avião e sentir-se tranquilo olhando a paisagem nas nuvens a doze mil pés de altura, certamente deve ter ouvido…
Leia mais

Eu, escória do jornalismo

No início de minha carreira, no final dos anos 1970, após ter passado pela revisão do Grupo Folhas e pela Folha Metropolitana, de Guarulhos, retornei à Agência Folhas para trabalhar no plantão da madrugada, da 1 às 7 da manhã.Nossas…
Leia mais

O fotógrafo abre-alas

Tínhamos na redação da revista Agora! (Editora Três, 1984-1985) um fotógrafo (cujo nome não vou citar) que usava uma artimanha, uma espécie de jogo de palavras, para franquear nossa entrada em locais onde normalmente a imprensa não era bem-vinda, especialmente em prontos-socorros…
Leia mais

Cala a boca, animal!

Seu Joênio, meu vizinho aqui em Florianópolis, tinha um cachorro que era mais ardido que uma colher cheia de carolina reaper curtida no vinagre de álcool: latia o dia inteiro, com direito a hora extra e adicional noturno, e tinha a estranha…
Leia mais

Encorujado e tremelicante

Em Bom Jardim da Serra, Santa Catarina, fez oito graus abaixo de zero e nevou pra caramba! A cidade se encheu de gente, mesmo com os apelos dos prefeitos das cidades da Serra Catarinense para que a turistada evitasse a…
Leia mais

O dia em que o cão Miguel Jackson enlouqueceu

Era um cachorro tranquilo, sossegado. Às vezes sossegado até demais, chegando a ser folgado! Daqueles que chegam em uma reunião canina e vão logo mudando a pauta, para tratar de assuntos de seu interesse. E, quando algum cachorro lhe pergunta…
Leia mais

Vira a seis, acaba a doze

A ideia, se não me engano, partiu do humorista Tutty Vasques há algum tempo, mas eu acho que todos devemos assinar embaixo: por que a duração de uma partida de futebol não pode ser condicionada ao placar – como no…
Leia mais

Que baita surpresa!

Ele era um cara normal, apesar de um pouco metódico. Morava em uma casa confortável, tinha uma vida igualmente confortável, sem luxos. Os filhos estudavam em escola particular e seu carro um modelo intermediário, mas topo de linha, com ar,…
Leia mais

Eterno enquanto dure

 Ninguém nasce achando que vai viver para sempre. Ninguém sai da maternidade, passa no guichê e pega seu certificado de vida eterna. O máximo que se consegue é um bônus, que lhe garante alguns anos a mais que alguns outros.…
Leia mais

E num é que a Zizzoca sumiu?

Passa da hora do almoço. Deu praia nesta manhã de sábado, mas agora nuvens escuras rondam o Rio de Janeiro. Deve chover daqui a pouco. O bar do português da orla ferve. Augusto, um pouco mais acelerado que os demais…
Leia mais